Fanzine como espaço de resistência política

Fanzine como espaço de resistência política

Sábado 11  >  15h – 17h  > [Tertúlia]  >  Contrabando
Hetamoé, Joana Tomé, Isabeli Santiago

  • https://www.facebook.com/events/615978168612716/

Conferência/debate/conversa sobre o papel de fanzines (publicações independentes, aqui ligadas à ilustração e banda desenhada) na resistência política e na inscrição de discursos, corpos e identidades transgressivas das hegemónicas – não-masculinas, não-brancas, não- heterossexuais, não-de-classe-média, não-Ocidentais, não-capitalistas, etc. À conversa vão estar Joana Tomé (Your Mouth Is A Guillotine), Hetamoé (Clube do Inferno) e Isabeli Santiago, encarregue da moderação.
Em exposição encontrar-se-ão os trabalhos das autoras.


Entrada gratuita. Caso desejes, poderás fazer um donativo para nos ajudares com os custos do Festival (transportes, impressões, etc).

Em todos os eventos do Festival Feminista do Porto poderá ser feita a entrega de produtos de higiene íntima (tampões, pensos, colectores, etc), que serão posteriormente distribuídos em colaboração com a Slut Walk Porto e o Centro de Apoio ao Sem-Abrigo.

No caso de precisares de apoio com crianças para poderes comparecer a algum evento, por favor, escreve para festfeminista.porto@gmail.com, indicando o evento em questão.

No Comments

Comentários