O Pessoal é política internacional

A carregar Eventos

« Todos os Eventos

  • Este evento já decorreu.

O Pessoal é política internacional

Sexta-feira 9, Março H21:30

Jantar às 20:00 h (Rés-da-rua)
Debate às 21:30 h
[Crianças são bem-vindas, teremos atividades para que elas possam se divertir – e participar do jeito delas – do evento.]

Estereótipos, privilégios, desigualdades, machismo: palavras que não constam na definição de política internacional, mas que por vezes parecem ser seu sinônimo. Venha conosco para uma conversa sobre a temática com um olhar feminista e atento às desigualdades. Vamos partir de exemplos da história, da cultura popular e da atualidade para entender que o pessoal é, sim, política internacional.

Grande parte das mulheres que hoje conseguem ter acesso a um aborto legal e seguro habitam nos países ditos ‘desenvolvidos’ – o Norte Global. Entretanto, quando a brasileira Rebeca Mendes teve seu pedido de interrupção voluntária da gravidez negado pelo Estado, a ela foi ofertada por uma ONG a possibilidade de realizar o procedimento em um país onde este era legal: a Colômbia – país também do Sul Global. Os Estados Unidos da América, país que também foi colonizado e que, entretanto, faz parte das superpotências mundiais, reconhece este direito desde 1973. Em Cuba, o procedimento é legal e gratuito desde 1965. Pode não parecer, mas o que se vê nas redes sociais, nos jornais e nos livros de histórias – e como se é escrito – tem muito a ver com o cotidiano das mulheres em casa, nas universidades, no trabalho. Em um mundo cada vez mais conectado – seja por processos de migração, pela internet ou por companhias aéreas low cost – precisamos mais do que nunca abrir as fronteiras do nosso feminismo.

 

Detalhes

Data:
Sexta-feira 9, Março
Hora:
21:30
Categorias de Evento:
, , , ,
Site:
https://www.facebook.com/events/570565529969212/

Organizadores

Luiza Fernanda Santos
Geórgia Cristina Chaves

Local

Rés-da-Rua
Rua de Álvares Cabral, 263
Porto, Portugal
+ Mapa do Google
Site:
https://www.facebook.com/resdarua